A Líbia de Kadafi não é a Líbia de Obama

Publicado no site www.terceirateoria.blogspot.com

O maior farsante da humanidade, o mentiroso mor, aquele que enganou a população norte-americana para se eleger presidente dos EUA, agraciado de forma estúpida e inconsequente com o Prêmio Nobel da Paz, Barack Obama, foi o primeiro presidente negro a ordenar o bombardeio da África.
Em seus discursos na Casa Branca para a domesticada e corrupta mídia ocidental, Obama fala de uma Líbia que ele desconhece, porque só tem informações falsificadas por sionistas que dominam e controlam os meios de comunicação e os bancos norte-americanos. Rezando na cartilha dos criminosos sangue-sugas do sistema financeiro internacional, Obama não passa de uma marionete estúpida, dominada por forças que desconhece, ordenando ações criminosas que terminarão por colocar o planeta em situação calamitosa.
A primeira vez que viajei à Líbia foi no distante ano de 1985. Na época um estudante idealista e militante, vi um país orgulhoso de sua liberdade. Lembro-me que assisti a inauguração de conjuntos residenciais planejados pelo líder Muamar Kadafi para atender as populações pobres que vagavam pelos desertos da Líbia, ou que viviam em barracas de lonas nas periferias de Trípoli.
Nos anos que se seguiram, voltei diversas vezes à Líbia e vi um país pujante, crescendo e progredindo anualmente, apesar dos boicotes, das campanhas internacionais contra o país orquestradas pelo imperialismo norte-americano e pelo sionismo israelense.
Nesse tempo todo, décadas e décadas de resistência heróica, o povo líbio construiu uma nação forte e soberana, respeitada internacionalmente, solidária com os povos que lutavam por libertação. Esta é a Líbia de Kadafi que eu conheci pessoalmente. Eu caminhei pelas ruas de Trípoli, de Benghazi, de Sirta, conversei com pessoas, bebi a verdade dos fatos na fonte, e não nas mentiras diárias da imprensa ocidental.
Esta foto acima, por exemplo, tirei em Trípoli no mês de dezembro passado, quando estive na Líbia. Nesta oportunidade eu vi um país em franco crescimento, construindo edifícios modernos, lindos, capazes de rivalizar com os edifícios mais modernos dos Emirados Árabes.
Um país soberano, socialista, rico e progressista, liderado por um homem que nunca se rendeu ao imperialismo ou ao sionismo, mas ao contrário, sempre os combateu, era algo inaceitável para os governos criminosos que se alinham com o imperialismo e o sionismo para roubar e expropriar as riquezas dos povos: França e Inglaterra.
A Líbia de Obama é a ilusão e a mentira de um governante que não enxerga um palmo à frente. Barack Obama não é um Malcon X ou um Martin Luther King. Ele jamais teve qualquer conhecimento profundo da realidade dos povos. Sempre foi uma marionete dos partidos políticos norte-americanos, financiados pelas indústrias bélica e petrolífera – os maiores interessados em promover guerras pelo mundo.
A Líbia de Kadafi é a construção de um país soberano, livre, independente. É o beduíno que após vencer os desafios e agruras dos desertos, invade as cidades com suas idéias de libertação, desafia os mais poderosos e arma sua tenda no centro do mundo para dizer alto e em bom som:"a democracia parlamentar é a falsificação da verdadeira democracia", "abaixo as assembléias parlamentares, viva a Era das Massas, a democracia direta, a Terceira Teoria".
A Líbia de Kadafi é o povo feliz, dono de sua liberdade, dono de sua casa, de sua terra, sócio na empresa onde trabalha. É algo que está muito além da compreensão de Obama, que não tem cultura, inteligência ou capacidade para compreender os avanços filosóficos praticados e ensinados por Kadafi. Mas Obama é presidente do país mais poderoso do mundo, apesar de sua ignorância política.
A diferença entre Obama e Kadafi é que as idéias de Kadafi nunca morrerão: fervilham pelo mundo na maioria dos países e construirão as histórias dos povos que avançam em suas lutas por libertação. Obama será um nome esquecido no lixo da história, porque se colocou a serviço do egoísmo, do capitalismo, para assassinar civis indefesos em diversos países para que indústrias criminosas roubassem petróleo e vidas para favorecer os capitalistas e sionistas.

José Gil

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s